sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Carneiro, tanto marra até que fura!

Diz a minha previsão astrológica para o dia de hoje que talvez obtenha um apoio oportuno dos nativos de Capricórnio.
E por acaso dava-me jeito que o meu capricorniano acedesse ao desejo desta carneira de festejar o seu aniversário.
Está instalado o nosso drama anual: eu faço planos, vários, de variada grandeza e intensidade, a dois, a muitos, mais simples, mais pomposos e ele diz que não quer festejar o aniversário este ano (até parece que houve algum ano em que quis), fica-me cabisbaixo, perde o apetite e a tudo o que lhe proponho responde o useiro e costumeiro "logo se vê" (que em linguagem capricorniana significa não quero).
É muito difícil para mim encarar o dia de anos dele como um dia normal.
Primeiro porque eu adoro fazer anos, segundo porque eu quero é festa, terceiro porque agora (mádafaca crise) saímos pouco.
E é isto, eu aqui acesa tipo fósforo e ele deprimido, cansado, acometido de dores súbitas por todo o corpo, a resmungar que está a ficar velho...
Pois, isso estamos todos, sendo que eu já tenho mais um cabelo branco por não conseguir fazer este homem ficar feliz amanhã!
Mas que pelo menos vai jantar fora num restaurante melhorzinho nem que seja de pijama e comigo a empurrar-lhe a comida boca abaixo, ai isso vai!

1 comentário :

Obrigada pelo comentário ☺