quinta-feira, 28 de março de 2013

março - viajar

Esta é a espinha atravessada na garganta.
Este é, até agora, o maior sacrifício que o desemprego me impôs.
Março e setembro eram meses de voar.
(eu queria ser astronauta, o meu país não deixou... ó meu anjo da guarda, faz-me voltar a sonhar)


{Voar - Tim}



(desafio 12 meses d'o blog azul turquesa)

7 comentários :

  1. A mim foi um bloqueio que deu ao meu Maresposo que me impediu de viajar...Não anda de avião nem de barco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ó pá isso ainda é pior!
      E com uns comprimidinhos, a coisa não vai? ;)

      Eliminar
  2. também adoro viajar! Claro que a situação económica (e os filhos.. ou ambos) não me deixam grande margem para manobras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, mesmo com emprego há já muito tempo que não fazia escapadinhas :(
      E era tão bom quando podia ir para fora cá dentro!
      É que feitas as contas, entre dormidas, comidas, portagens e gasolina... sai mais barato ir para fora do nosso país num daqueles pacotes tudo incluído.
      É turismo de massas, pois é, mas quando não se tem massa para mais...

      Eliminar
  3. As viagens que costumava fazer, eram quase sempre em grupo, quando havia um feriado próximo do fim de semana. Não costumo faltar ao trabalho para viajar. Então, a última viagem que fiz, foi a Praga, em 2009.
    Com a crise,moderei os meus gastos.
    A próxima, será ao Rio de Janeiro e porque vive lá a minha sobrinha.
    Contava ir em julho, mas nessa altura ela estará por cá, pelo que não sei para quando vou marcar(aguardo a minha reforma antecipada,yes!). Nessa altura, vou quando me apetecer. Antes, não posso.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não faltava ao emprego, tirava férias! Lol!
      É diferente... ;)

      Eliminar
  4. Tem razão...o financeiro pesa bastante na vontade de viajar por esse mundo afora. Espero que esteja em breve realizando seus sonhos. Um abraço!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário ☺