terça-feira, 12 de março de 2013

bijuholic

Há muito, muito tempo eu não usava nem colares nem pulseiras.
As únicas coisas que usava eram uns brincos de pérolas verdadeiras e um anel de safira ou um solitário, sempre o mesmo todos os dias.
Em dias de festa usava um cordão de ouro com uma libra.
Com o tempo comecei a variar os brincos, porque nunca me soube ver sem brincos, e detestava colares!
Quando comecei a trabalhar em Sintra aquilo era o deserto (e o outro a pensar que o deserto era em Almada).
Não havia nada além de campo e empresas e o Retail Park (que na altura não interessava nem ao menino Jesus) e um hípermercado.
E nesse hípermercado havia uma tabacaria, uma loja de fotografia, uma Calzedonia e uma Parfois.
Na altura as minhas colegas arrastavam-me para a Parfois à hora de almoço e eu achava uma seca.
Seja porque primeiro se estranha e depois se entranha, seja porque abri os meus horizontes ou porque sou mesmo é uma grande pirosa, agora sou viciada em bijuteria.
Compro imensa coisa via facebook, mas continuo a gostar muito da Parfois.
E hoje, estava eu a pensar o que ía fotografar para o desafio da Rosa Chiclet, tocaram à campaínha.
Estas foram as minhas últimas aquisições 'bijuteiras'.
Parfois via Westrags.
Isto porque a Westrags tem muitas vezes Parfois com desconto (sim, mais barato que na própria loja online da Parfois) (e neste dia tinha uma campanha em que devolvia 20€ em compras iguais ou superiores a 50€ com entrega grátis) e conseguem-se lá encontrar peças já esgotadas na própria Parfois.
Quem melhor descreveu um dia esta minha transformação ao longo dos anos foi a minha tia:
"Antes eras tão esquisita e agora pareces uma marrãzinha!"
(abençoados 81 anos que lhe permitem ter a verborreia duma criança...)



(este post não tem o patrocínio de nenhuma das marcas mencionadas, infelizmente)
(quando comprarem Westrags aconselho-vos a escolherem a entrega via Nacex)
(significado de marrã)
(repararam? tudo a fazer pendant!)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário ☺