terça-feira, 31 de julho de 2012

photo a day July # 31) toothbrush

o people gosta de ver a bitch, ai gosta, gosta...

Uma gaja tenta ser uma querida, um amor, uma fofinha e faz uma compra online para oferecer (surpresa!) ao seu homem.
Vai ao site, regista-se, paga e fica à espera de receber o pacote por correio.
Isto porque no site em lado nenhum diz como será feita a entrega e em lado nenhum são pedidos outros dados além de nome e morada.
Estranha-se a espera e toca de enviar um e-mail a perguntar, ó fáxavor quando é que chega a minha encomenda.
Não dão resposta e já estou eu à procura do número para ligar a reclamar... toca o meu telefone.
Homem louco: "É você que tem uma encomenda para Casal de Cambra?"
(errr... eu não moro em Casal de Cambra e fiquei com a impressão que me estavam a perguntar se eu tinha enviado alguma coisa para Casal de Cambra)
Euzinha moi-même: "Eu não enviei nada para Casal de Cambra. Mas do que é que se trata?"
Homem louco: "Atão não foi você que encomendou o xpto?! É que eu tou a substituir o meu colega e não sei onde fica a sua rua e tive de ir à procura do seu telefone."
(só agora penso nisto: como raio arranjou ele afinal o meu número de telefone??)
Euzinha moi-même: "Ah eu pensei que vinha por correio, mas olhe que isto não é Casal de Cambra, é Scarlet Ville."
Homem louco: "Não vai nada por correio, quem entrega sou eu, tou-lhe a dizer que tou a substituir o meu colega, mas ele dá uma volta muita grande e eu não faço essa volta, tá a perceber? E agora só posso ir aí sexta."
Euzinha moi-même: "Mas então diga-me o que é que conhece de Scarlet Ville que eu dou-lhe indicações."
Homem louco: "Eu daí conheço muita coisa, só não encontrei a sua rua, tá a perceber? Mas hoje à tarde vou andar em Queluz, se quiser vir ter comigo a Queluz..."
(é que já lá estou!)
Euzinha moi-même: "Desculpe lá, mas eu estou a pagar um serviço e é óbvio que quero que me entregue a encomenda em casa. Conhece a rotunda?"
Homem louco: "Deixe lá que eu logo procuro a sua morada no GPS."
(rásparta, mas sem tem GPS porque não anda com ele?!)
Euzinha moi-même: "Então mas afinal quando é que me entrega a encomenda? E mais ou menos a que horas é que vem?"
Homem louco: "Atão, o que é que eu tou-lhe a dizer? Eu trabalho das 8h às horas que tiver de ser e agora só ía a Scarlet Ville na 6ª, mas vou amanhã, prontos."
Euzinha moi-même: "Mas veja lá, se tiver dificuldades em encontrar a rua, ligue-me que eu dou-lhe indicações."
Homem louco: "Ná, não se preocupe que eu à noite dou aí um giro a estudar o lugar."
Euzinha moi-même: "Então mas se vem cá à noite, não me traz a encomenda??"...
Moral da história: ainda estou à espera da encomenda, a bitch que há em mim acordou, e já fiz uma reclamação escrita e outra telefónica junto da empresa fornecedora da encomenda xpto.
Garantiram-me que o homem louco me bate à porta a qualquer momento.
(meeedo)

segunda-feira, 30 de julho de 2012

irresistível # 2

Estes devem ter usado a amostra grátis de SURF que lhes ofereceram num qualquer outro evento.

photo a day July # 30) calm

{Lagoa das Patas - Terceira - Açores - MAR2012}

god save the queen

E truques daqueles mesmo bons para combater a flacidez do músculo do adeus, quem sabe?
Eu já ando aqui por casa com os bracinhos besuntados de creme reafirmante/adelgaçante/anti-celulite e embrulhados em película aderente, mas não chega, preciso de mais, muito mais, se não quero passar a acenar como se fosse alteza real...
( e fazer exercício não é conselho que se dê!)

escarlatices # 2

Há uns meses comprei um detergente cujo nome SURF aparece na imagem acima e toda a roupa que lavei com aquilo encolheu, não sei como nem porquê.
Querida e amiga que sou, despachei a embalagem para casa da minha mãe (por acaso ela nunca se queixou).
Mas agora tenho alguma roupa que me está a ficar muito larga e comprida, mas também não me apetece gastar dinheiro e arriscar mandar apertar.
(Miss Scarlet perdeu 10Kg certinhos nos últimos quatro meses, mas não se preocupem que ainda me faltam 15 para atingir o peso ideal, coisa que acho que nunca tive)
Vai daí lembrei-me do incidente com o SURF detergente cujo nome aparece na imagem acima e corri a comprar outra embalagem, a ver se a roupa se auto ajusta.
(ganda ideia, hã?)
Para já gosto do cheirinho que ficou na roupa, mas ainda falta passar a ferro e vestir.
Depois vos conto se resultou.

domingo, 29 de julho de 2012

photo a day July # 29) last thing you bought

{colar Meco - PUF}

#photo a day Agosto

E está lançado o mote para o #photoaday  de Agosto, o desafio criado pela @fatmumslim.
Já participei em Abril e em Julho, e em Agosto também vou participar e será a primeira vez que vou cumprir as regras.
(não foi por mal, confesso que não as tinha lido, shame on me)
Quer isto dizer que, ao invés de tirar as fotos quando alguma coisa me traz à memória um dos temas ou de recorrer ao meu arquivo pessoal, vou tirar a foto no próprio dia.
(ou seja, as minhas fotos vão tornar-se bem menos interessantes)
Mas o objetivo do #photoaday  é levar-nos a descobrir outras perspetivas sobre coisas do nosso quotidiano, é levar-nos a ver em vez de olhar apenas.
(think outside the box)
Para quem quer participar mas não atina com estrangeirismos, traduzi os temas diários e vou deixá-los aqui no blog para consulta e qualquer dúvida enviem-me um e-mail.
E para quem quiser espreitar as fotos que os participantes de todo o mundo vão deixando no flickr (eu também lá estou), é carregar na máquina fotográfica ali na barra do lado direito.
Let the games begin!

sexta-feira, 27 de julho de 2012

photo a day July # 27) on the road

irresistível # 1

NÃO?!
Assim de repente consigo lembrar-me de várias coisas, nomeadamente: um fashion advisor, um aparelho auditivo, uma lipoaspiração, uma lobotomia, uma loja nova a implementar num país árabe onde tivesses de usar burka...
Please!
Cristiano filho, eu antes embirrava contigo, achava-te um pirralho cheio de borbulhas.
Mas agora até simpatizo, acho que a russa está a fazer de ti um homenzinho, a sério.
Mas ao pé da tua, a família Adams é chique, só se veste de preto.

(se o blog desaparecer, foi o Cristiano que me processou)

the bitch

Euzinha moi-même toda a vida fui gaja que nunca se queixou de sintomas nenhuns dessa tal de TPM.
Agora, curiosamente desde que me disseram que estou em pré-menopausa precoce, sou verdadeiramente bipolar, perigosa até.
E, apesar de genericamente estar bem disposta, é melhor não cutucar a fera.
Mas já percebi que o universo é um brincalhão (ou que o karma é parvo) e que isto é como a lei de Murphy (ou que o karma é parvo), que é como quem diz que pão de pobre cai sempre com a manteiga para baixo (aí não há dúvidas de que o karma é parvo).
Ou seja, nestes dias só me saiem cromos e pessoas menos dotadas para lidar com senhoras à beira dum ataque de nervos (eu).
Nomeadamente na ótica cá do bairro, para onde telefonei a encomendar lentes de contacto e de onde me responderam "aaah mas isso agora é complicado".
Confesso que me apanharam de surpresa e por milésimos de segundo fiquei baralhada, a pensar o que poderia ser complicado nas lentes duma cliente com ficha lá há 5 anos ou mais.
Mas a menina explicou "aaah é que agora estamos sem sistema".
Aquele ahhh entranhou-se-me nos nervos e pronto, a cabra que habita em mim acordou e quando escutei a  minha própria voz até me arrepiei, parecia a dobragem dum filme de terror, tipo exorcista... "mas sabe escrever, não sabe?", rosnou a cabra que há em mim.
O pior é que a cabra que há em mim tem razão. 
Era só a empregada aparentemente acéfala pensar um bocadinho e concluir que o cliente não tem de se maçar com as incongruências informáticas do espaço comercial e que antes de haver computadores havia canetas e papel!  
DAH!
Pronto, agora vou ali ver 5 vezes repetidas o mesmo episódio da Anatomya de Grey ou algo assim do foro obescessivo compulsivo, para depois me vir aqui queixar que estou à beira das lágrimas...

quinta-feira, 26 de julho de 2012

dia dos avós

Sabes mesmo que és avó, quando encontras uma amiga a passear com o seu rebento de 7 meses e no meio da conversa a aconselhas a arranjar fantoches para estimular a capacidade cognitiva do bébé...

photo a day July # 26) sunshine

{Terceira - Açores - MAR2012}                                                                                                          

a raínha do pendant # 7

Ao contrário do que poderão imaginar, a vida de desempregado é uma agitação.
São os amigos que nos convidam para almoçar, lanchar, compras, desabafos noite dentro, etc.
É a família que recorre a nós para tratar de tudo o que é chato, burocrático e demorado.
São os súbitos telefonemas para irmos as entrevistas, a desmarcar entrevistas, a comunicar 'nãos' de entrevistas...
E uma pessoa precisa de ter onde tomar notas, assim uma coisa bonita e portátil, porém prática, que eu posso estar desempregada mas mantenho o bom gosto.
E descobri a Rita, que além de ser a artesã das Jóias da Rita, é uma jóia de pessoa.
(se soubessem a paciência que ela teve para chegarmos a este caderno... quero aquele tecido, mas não gosto daquela fita...  não estou certa quanto à foto e a mensagem gostava... blá blá blá)
A Rita fez-me este caderno A6, personalizado, lindo, perfeito, precioso!
(e se vissem a apresentação, o carinho e profissionalismo das embalagens...)
Mas vocês sabem que eu vou herdar um telemóvel, e uma bolsa para o telemóvel, mas eu lá quero aquelas bolsas pretas banais de gajo??
Nahhh! Eu quero tudo a fazer (all togheter now)... pendant!
Mas preciso de ajuda... momentos mágicos ou life lessons?
(anani ananão ficas tu e eu não)



quarta-feira, 25 de julho de 2012

photo a day July # 25) heart

wathever

O meu homem andava taciturno mas armado em valente e repetia, mais para ele que para mim, "não, não vou dar não sei quantos aérios por um telemóvel novo, não preciso, o meu tem a tecnologia toda blá blá blá".
Pois esta converseta durou 2 dias.
Ao final do 2º dia foi a um centro comercial, depois a casa, depois a outro centro comercial e ainda a outro centro comercial... e não ficou completamente satisfeito porque em nenhum encontrou a capa branquinha xpto, coisa que só alcançou ao 3º dia noutro centro comercial, pobrezinho, não sei como aguentou 24 horas de angústia e sofrimento.
Eu fiquei quieta no meu canto, deixa-o lá comprar o gadget, no fundo no fundo todas sabemos que eles encaram isto de ter um brinquedo novo como uma extensão da sua virilidade, enfim, e até fiquei contente, ofereci-me logo para herdar o telemóvel usado dele e ceder-lhe para backup o meu samsung mini com 2 dias de utilização, mas com o qual ainda não consegui criar laços.
E pronto, era isto, a vida tinha tudo para ser perfeita.
Mas não...
O primeiro golpe no seu frágil orgulho masculino deu-se quando um amigo gozou com ele "qu'é lá isso, tudo branquinho? isso não é telemóvel de gajo blá blá blá".
Chegou à noite a pedir-me colo, xôxinho, que secalhar o outro tinha razão, que não tem idade para ter um telemóvel branquinho, que secalhar o azulinho era melhor blá blá blá.
Ora eu, que até estou farta de gozar com ele e de lhe perguntar se está na fase padeiro, porque agora me anda sempre vestido de branco, fui uma querida, amiga, compreensiva e respondi com um maternal "não ligues môr que isso é inveja".
Mas o problema maior surgiu quando eu comecei a queixar-me que o ouço mal durante as nossas ligações, que começa bem mas que depois parece que se está a afogar e eu acabo sem perceber nada das conversas.
Ora considerando que ele me contou que, aquando da compra, numa das lojas estava alguém a apresentar uma reclamação porque tinha comprado um telemóvel igual e não conseguia ouvir bem quando fazia chamadas, pensei que o meu homem iria a correr com o seu bébé para uma das lojas a ver o que se passa.
Mas não!
Estamos nisto há 3 dias e ele amua comigo!!
Eu que mude de sala, que desligue o computador, que faça o pino etc., mas que a culpa não é, não pode ser, do seu telemóvel branco apaneleirado!
E, apesar de eu não o ouvir bem quando lhe ligo de casa nem quando lhe ligo da rua, ele argumenta que deve ser da zona, das antenas, do calor, da crise, da troika, mas jamé do seu telélé!
hum, hum... wathever... ponto nº 4 da tabela acima...


Toca a dar à perna!

Pois já vimos que temos pernas para andar, pelo menos até dia 31 de Julho com este desafio d'As Amantes.
E é isso, enviem-nos fotos das vossas pernas, das pernas dos amigos, do gato e do cão (porque não?) até dia 31 e sejam criativos! ;) 
Nós continuaremos a publicá-las no blog e no facebook, sempre que até nós caminhar um par de pernas.
E depois... depois vos contamos!

terça-feira, 24 de julho de 2012

photo a day July # 24) a stranger

{Romeiros - S. Miguel - Açores - MAR2012}

Pernas para que vos quero...

Estes foram provavelmente os sapatos mais confortáveis que já tive, pareciam umas pantufas de saltos.
E eu até trepava castelos com eles!
Usei-os até à exaustão, tiveram um vida longa e preenchida.
Ai que saudades das férias...

coffee spoons & tea afternoons

Ora se a semana passada a minha energia estava nos píncaros, esta semana desceu a pique.
Deve ser tpm ou então velhice ou então já ía de férias outra vez, isso é que era!
Ou secalhar é esta coisa da shopping diet que me deixa deprimida...
Seja lá o que for, será de curta duração, que eu não tenho vocação para estar infeliz.
Vou à rua tomar um café e fotografar as pernas, que isso é que se quer!

segunda-feira, 23 de julho de 2012

photo a day July # 23) mirror

escarlatices # 1



Apesar do meu lema ser "porquê fazeres tu mesma se podes comprar feito", admiro o engenho e arte dos aderentes à modalidade DIY (Do It Yourself) e às vezes até fico com vontade de experimentar.
Mas depois vou dar uma volta até que a vontade me passe (raízes alentejanas) ou que a Parfois faça um clone* ou que me cruze com o que quero à venda no facebook.
(que por acaso foi o caso duns sunny's cat eyes iguais a estes, chato é já não me lembrar a quem os comprei e estou para aqui a fazer figas para que não tenha sido barrete e os óculos me venham ter a casa...)

(*quando uma marca de massas copia modelos duma marca elitista, chama-se clonagem... se for vendido por ciganos ou chineses, chama-se contrafação... )