quarta-feira, 18 de abril de 2012

la vie en (rose) scarlet

De vez em quando a vida, Deus ou o Diabo, encarregam-se de nos empurrar para fora da estrada numa qualquer curva mais apertada.
E todas as nossas certezas perecem e todos os nossos planos estremecem e todos os nossos sonhos esmorecem.
Secalhar é só uma maneira irónica da vida (Deus ou o Diabo) nos dar um safanão para um novo patamar, nos fazer ganhar fôlego para uma nova vida.
Secalhar é só o karma a ser um filho da puta sacana.
Seja lá o que for, o melhor é esquecer o que um dia já foi.
E recomeçar.
Com humildade, com um novo olhar, recomeçar.
Porque o Homem se mede não pelo número de vezes que cai, mas pelo número de vezes que se levanta.

6 comentários :

  1. Pois, diz que aquilo que não nos mata que nos torna mais fortes... se eu ficar muito tempo sem dar notícias, alertem as autoridades!
    Posso não ter sobrevivido... rsrsrs ;)

    ResponderEliminar
  2. "Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." ;)
    Beijo grande,
    Ana

    ResponderEliminar
  3. como te entendo e como sinto tudo o que escreveste...
    e se eu estou a ser forte o suficiente para me erguer, tenho a certeza que tu vais sair daí um furacão!

    beijo

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário ☺