quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

morning thoughts

Não morro de amores pelas quartas feiras.
É o meio de coisa nenhuma, a caminho de nada.
Já se passaram dois dias de trabalho, mas ainda faltam outros dois.
(excecionalmente, esta semana a quarta é segunda para mim)
Assim sendo, e dado que sou assumidamente piegas, vou propor ao senhor primeiro ministro que transforme as quartas feiras numa espécie de tolerância de ponto à escala nacional.
Ele que encare a coisa assim como uma compensação pelos dias de descanso que nos roubou...

2 comentários :

  1. É o chamado dia da cambalhota.

    Passo a explicar para não surgirem dúvidas :p

    Faltam tantos dias para acabar a semana como aqueles que já passaram (como tu explicas-te) :)

    ResponderEliminar
  2. Pronto, fiquei um bocadinho desanimada quando explicaste, de repente as quartas feiras estavam a ganhar outro ânimo... lololol! ;)
    As adorei essa designação!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário ☺