quinta-feira, 26 de maio de 2011

quarta-feira, 25 de maio de 2011

OMG

(via)
No meu departamento as chamadas telefónicas do meu chefe são reencaminhadas para o meu telefone depois do 4º toque e depois do 4º toque no meu telefone são reencaminhadas para a recepção.
So far so good.
Acontece que hoje o chefe esteve o dia inteiro em reuniões e teleconferências e o telemóvel dele não parava com chamadas transferidas pela recepção.
E o chefe pergunta "Ó Scarlet, mas o seu telefone não toca ou não está a atender?"...
(#"%@!&0€#!!!)
E a Scarlet liga para a recepcionista substituta e pergunta porque está a passar as chamadas todas para o telemóvel do chefe.
"Porque a S me disse para fazer isso quando 'eles' não atendem"
"Eles é muita gente... 'Eles' quem?"
"Os dótoures!"
E de modos que é assim, além de ter sido óbvia e implicitamente despromovida de canudo, esta é a mentalidade vigente: dótoures e povo...

O preço da fama

(via)
Comprei uma túnica tigresse na H&M, assim para ir e vir da praia.
(daqui a 28 dias... yes!)
E não é que a Io Apolloni está nas páginas da revista VIP com uma túnica igual??
Bitch!

Dietas

(via)

Pilates

(via)
Aqui onde me vêem, gira e fresca e fofa, os 41 já me pesam.
Além do já abordado Síndrome de Conflito do Ombro, tenho artrose em fase inicial e uma hérnia cervical.
Todos os dias da minha vida tenho dores de pescoço e no ombro direito, que às vezes se estendem ao braço.
Já consultei 3 osteopatas diferentes e odiei.
Não gostei da terapia e no dia das consultas é enfiar-me na cama com AINES no papo e dores que eu sei lá.
E 2 dias depois estou igual.
No meu caso diz que é adequado natação, o que não me calha muito a jeito enquanto não tiver casa com piscina.
Mas diz que Pilates também é bom.
Eu estou ansiosamente à espera que o Holmes Place abra no Fórum Sintra, como anunciado.
Mas entretanto, contem-me tudo o que sabem sff.

10 o'clock

 
 
(via)
Num mundo ideal esta era a hora de acordar, tomar um banho com tempo para todas as esfoliações e hidratações, um pequeno almoço slow food e a devida preparação do look.
Mas o mundo é como é...

Keep Cool

terça-feira, 24 de maio de 2011

Cada tiro, cada melro


Caça ao melro já é permitida por lei e choca associações (Sol)

Acabei de ler esta barbaridade... 
Assinem a petição!!

Crónicas da vódrasta

(via)
Ontem eu e o baby escarlate estivémos uns 40 minutos à janela (que para ele se diz porta, assim como as portas propriamente ditas e as tampas, são tudo portas) a chamar os piupius e os miaus, a contar 5 árvores e 5 candeeiros, over and over again.
E ele, que sempre me chamou um som (ê), de repente disse o meu nome quase correctamente.
E sim, o mundo ganhou outro brilho e o meu coração ainda está a pontos de rebentar de alegria, cheio dum orgulho tonto e imensurável.
Life is good!   :)

Dietas

Boudoir

(via)

Keep Cool

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Scarleting

(via)
E já vos disse que faltam exactamente 30 dias para euzinha moi-même se espraiar no golden areal do nosso Allgarve??
Ah pois é!

I'm such a cats person

(via)

Dietas

(via)

This is my party and I cry if I want to

(via)
Faz hoje 5 anos que trabalho aqui.
Neste tempo muita coisa mudou, nomeadamente mudei de lugar 4 vezes e mudei de loura para morena, fiz 40 anos, fui vódrasta.
Gosto muito do que faço, mas não seria tão feliz se não fossem a Lady Sof e o chefe, que tanto me aturam.
Este foi o meu 6º emprego e faz 20 anos que comecei a trabalhar a tempo inteiro.
Venha de lá o diploma e o relógio na próxima festa de Natal, que eu mereço!

Coffee spoons & tea afternoons

(via)

Keep Cool

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Men

(via)
Ontem ao fim dia, o céu cinza chumbo começava a largar uns pingos grossos e esta que vos escreve, que já não vai para nova e anda de transportes públicos e de saltos altos, subia a rua íngreme que desemboca no seu lar doce lar, carregada com um saco do mini mercado, lutando com o vento e com os cabelos para conseguir ver o caminho.
Passa um carro e, pela janela, um espécime de sexo masculino grunhe "Ó boa!"...
E claro, como todas nós mulheres sabemos, aquilo causou imediatamente em mim um frisson, uma adrenalina que eu sei lá, uma super estimulação da líbido, uma febre de acasalamento...
Mas são parvos ou quê??!
Ainda se dissesse qualquer coisa como "Com licença, deixe estar que eu carrego-lhe os sacos, aliás, carrego-a ao colo até ao fim do mundo!"... isso talvez causasse algum impacto positivo.
Embora o mais provável fosse levar com a mala nos zigomáticos, que é lá isso, a querer mexer assim sem mais nem menos e nos sacos também não tocava que eu sou uma mulher emancipada.
Mas a sério gostava mesmo de saber o que se passa naquelas cabecinhas de ervilha, para se acharem na obrigação de partilharem o seus pensamentos mais profundos connosco.
Um dia destes passo-me, começo a ver tudo turvo, viro o bico ao prego, faço-me de (mais) maluca e digo:
"A sério? Acha mesmo?? Ai é tão importante para mim saber a sua opinião! A sério pá! Olhe, estou toda em pele de galinha, arrepiada, arrepiada! Sabe, de encontrar assim, quem sabe (risinho nervoso e parvo), o homem da minha vida... Pode dar-me o seu número de telefone? É que eu agora tenho de ir ali à farmácia comprar o remédio para o herpes labial antes que feche, mas depois à noite eu ligava e conversávamos com calma e combinávamos um café para nos conhecermos melhor... ó pá tou mesmo contente, secalhar é o destino!"...
Palhaços...