quinta-feira, 17 de novembro de 2011

O drama, o horror, a tragédia

Quando eu era pequena, havia uma vizinha da avó Céu lá, em Elvas, que berrava por mim da janela de casa "Beatriz, ó Beatriz pequenina!" sempre que queria que lhe fosse aos mandados.
Dá-se o caso de a minha mãe se chamar Beatriz e de eu ter herdado o nome da tia, irmã da mãe.
Eu detestava o raio da velha e, quanto mais ela me chamava, menos eu lhe ligava.
Dá-se o caso de eu até gostar da minha mãe, mas detestar o nome Beatriz.
Até hoje.
Trauma de infância, talvez, vá-se lá ter a certeza.
Agora cortei (outra vez, mais) o cabelo e anda toda a gente de piadola fácil na boca blá blá Beatriz Costa...
And I'm loving it (not).

1 comentário :

Obrigada pelo comentário ☺