quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Keep Cool

À partida nunca gostei de bigodes nem de buços.
Houve uma altura da minha infância em que o meu pai usou bigode e patilhas (e calças à boca de sino com camisolas de gola alta e sapatos com tacão), um sex symbol dos idos 70.
Nunca pensei namorar um homem de bigode.
Mas quando o conheci, ele tinha bigode.
Durante 10 anos namorámos com bigode e a única foto que tinha visto dele sem bigode remontava à época do 25 de Abril (o de 1975 e não o de 1950, história de Portugal reescrita pelos participantes da Casa dos Segredos, tomo 2) e nesse altura o menor dos seus problemas era o bigode (que roupas eram aquelas?? e o cabelo?!).
Este Verão 'decidimos' tirar o bigode.
A opinião geral é favorável à abolição do piloso ornamento facial.
Eu, pessoalmente, sou ambivalente quanto ao tema, acho-o giro das duas maneiras.
Se por um lado os beijinhos ficaram melhores, por outro lado o lábio superior dele é estranhamente fino...
E vocês, namorariam um bigode?

Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário ☺