terça-feira, 26 de abril de 2011

Crónicas da vódrasta

 (via)
Hoje o Baby Escarlate faz 18 meses. 
Está absolutamente delicioso, um espertalhão que já sabe usar o poder do charme.
Para mim tem sido uma lição de vida, eu, que só antevi problemas com o seu nascimento, acho agora que a vida de todos nós melhorou.
Não era de todo a altura ideal, não estavam reunidas as condições ideais.
Mas ele tem-me ensinado que o ideal também se constroi no dia a dia e que um amor assim supera tudo.
A mamã dele está mais madura e mais feliz e esta família estranha constituída por bisavó/bisavô, bisadrastos, avô/avó e vôdrasto/vódrasta e tia mais nova que o sobrinho... está completamente unida em torno dele.
Só o papá continua sem o querer na sua vida.
Não sabe o que perde.

4 comentários :

  1. podes crer..o pai é q perde..e muito...a alegria de ter 1 filho deve valer por tudo (eu ainda n tenho mas não quero q me passe ao lado...)...se esperarmos pela perfeicao na nossa vida, ela nunca chega, e podemos deixar passar por nós coisas maravilhosas sem sequer notar. O ser humano tem a capacidade extraordinária de se adaptar e reestruturar a sua realidade consoante a necessidade..parece me que foi o que fizeste...e és feliz! ainda bem!!! =) ano e meio..deve ser 1 coisa fofa! =)

    ResponderEliminar
  2. Querida Scarlet, tu já és vódrasta? És uma caixinha de surpresas ;)
    Parabéns, ao baby Escarlate :)

    ResponderEliminar
  3. Achei engraçada a expressão vódrasta porque nós também a utilizamos!! Os meus dois rebentos têm uma e é uma querida!!!
    bjs e felicidades...

    ResponderEliminar
  4. A vida prega-nos algumas partidas. Temos é que saber tirar partido das oportunidades: se a vida nos dá limões, faça-se limonada. E o importante é que o Baby Escarlate vai crescer rodeado de amor, mesmo que, pelo menos para já, o pai não o queira na sua vida.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário ☺