quinta-feira, 3 de março de 2011

La solitude #1

(via)
De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
(Vinícius de Moraes - Soneto da Separação)

Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada pelo comentário ☺