sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Vida de cão

(via)
O balanço da semana que agora termina não é o mais positivo.
Tenho andado adoentada e cansada até aos limites da exaustão.
Posso dizer que ontem saí do escritório pelas 19:30h e que às 21h estava na cama.
Dormi tanto que me soube a pouco.
Descobri que sou mais sportinguista do que pensava, até por dentro sou verde.
Ou pelo menos tudo o que as minhas entranhas têm expelido sob a forma de tosse cavernosa, é esverdeado.
Não vejo o meu namorado vai para 3 semanas e isso também me custa.
Mas a vida é mesmo assim, tem os seus dias de cão.
Ou melhor, dias que não são carne nem peixe, são apenas dias que passam e temos de os (ultra)passar.
Por mais cor de rosa, poético ou positivo que seja este blog, também tem dias infelizes.
Tal como na vida real...

3 comentários :

  1. Há dias em que parece que nada nos alivia. Uma pessoa dorme e no dia a seguir parece que ainda anda a meio gás. E tudo junto acredito que seja o acumular de muito para ti. Mas espero que a próxima semana seja pelo menos mais positiva!

    ResponderEliminar
  2. Há alturas que são difíceis de ultrapassar. É preciso aguentar, porque depois tudo melhora. A bonança está a chegar.

    ResponderEliminar
  3. É... parece que as coisas não andam fáceis, por essas bandas. Mas os fins de semana costumam trazer pós de perlimpimpim e, com uns sonos mágicos mais o aconchego de um certo bichano, acredito que a coisa se recomponha bem.
    Um abraço cheio de energia.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário ☺