sexta-feira, 29 de outubro de 2010

De Nereida a Frida Kahlo

Há pessoas que roem as unhas.
Eu depeno as sobrancelhas.
Vou-me a elas e só paro quando pareço um alien.
É um tique nervoso que me causa um prazer tenebroso.
Já passei pelo processo de desintoxicação outras duas vezes.
Espero que à terceira seja definitiva a cura.
Há dois meses sem tocar nas sobrancelhas já quase me tinha transformado numa 'monocelha'.
Tirei uma fotografia com o telemóvel, para nunca mais caír em tentação.
Hoje já estou com uma aparência mais humana.
Mas as pinças continuam extintas cá por casa.
São armas perigosas nas mãos erradas.

5 comentários :

  1. Eu arranjo as sobrancelhas pelo método dos fios! Winks (acho que é assim). Ficam bem! Gosto! E duram. Não tenho jeito para fazer a mim mesma, nem "olhos"!! Odeio sobrancelha nuito fina mas também não gosto de sobrancelha peluda, credo!

    ResponderEliminar
  2. eu agora deixo as minhas nas mãos das meninas da wink :)

    ResponderEliminar
  3. Scarlet, é tique portanto :0
    (ó pra mim a usar os novos símbolos que aprendi). Cada um com os seus, pois claro ;)
    Beijinhos e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  4. Scarlet! EU QUERO O TEU TIQUE NERVOSO! Custava-me bem mais barato na esteticista. Eu não tenho jeitinho nenhum para arranjar as minhas, ficam sempre diferentes uma da outra...
    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. O problema não bem a falta de jeito nem o excesso piloso, é mais o entusiasmo :) aquilo relaxa-me pá!

    Um beijinho especial para a Manuela sobre quem podia escrever um post intitulado "De infonaba a infoexpert" ;) eh eh

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário ☺